Notícias

Avanço do coronavírus no interior do Brasil

Hospital São Francisco em 03/06/2020 às 16h54

Segundo Eduardo Pazuello, ministro interino da Saúde, o avanço do coronavírus no interior do país ainda está por vir, com isto é necessário as cidades se prepararem para o avanço da doença, além disto, as capitais também devem estar prontas para atender os pacientes dessas regiões.

De acordo com dados divulgados pelo governo de São Paulo, as infecções fora da capital e o contágio cresce a um ritmo quatro vezes maior no litoral e no interior.

No mês de abril, o número de casos registrados da doença cresceu 770% na região metropolitana da capital, passando de 2.793 para 24.309 casos. Já no interior e no litoral, no mesmo período, a quantidade de casos confirmados disparou 3.302%, um salto de 129 para 4.389 casos.

Esses dados, junto com o índice de isolamento social, que tem caído em todo o estado, fizeram o governo do Estado agir, determinando o uso obrigatório de máscaras, e podem ser decisivos para a flexibilização ou até mesmo o endurecimento da quarentena nas cidades.

Novas regras de isolamento

A partir de junho o Estado de São Paulo poderá ter novas regras de isolamento e retomada gradual de atividades, conforme as características de cada cidade e suas respectivas classificações, respeitando os critérios definidos pela secretaria estadual da Saúde e pelo Comitê de Contingência para Coronavírus.

As regiões serão avaliadas periodicamente de acordo com os indicadores de saúde, verificando se cumprem os critérios para avançarem a uma fase de maior relaxamento a cada 14 dias ou voltar para uma fase mais restrita a cada 7 dias (ou imediatamente, caso haja evidência da piora da situação).

O plano do governo do Estado de São Paulo prevê quatro etapas, sendo que só poderão iniciar a retomada das atividades:

– As cidades que tiverem taxa de isolamento de pelo menos 55%.

– As cidades que tiverem redução no número de novos casos por 14 dias seguidos.

– As cidades que mantiverem ocupação nos leitos de UTI inferior a 60%.

As regiões que cumprirem as determinações do governo do Estado poderão reabrir na primeira fase: estabelecimentos comerciais e de serviços com área de venda igual ou inferior a 400 m² – incluindo espaços que ficam dentro de shoppings. Outras regras, mais específicas, ainda serão definidas.

Números Covid-19

O Brasil alcançou na segunda-feira (25/5) o total de 153.833 pessoas curadas do coronavírus. O número representa 41% do total de casos confirmados atualmente (374.898). A quantidade de pessoas curadas tem crescido a cada dia. Nas últimas 24h, 3.922 pessoas se curaram da doença. Outras 197.592 pessoas seguem em acompanhamento médico. As informações foram atualizadas pelas Secretarias Estaduais de Saúde do Brasil.

Até o momento, o país registra 23.473 óbitos, sendo que 807 foram registrados nos sistemas de informação oficiais do Ministério da Saúde nas últimas 24h. No entanto, a maioria dos casos aconteceu em outros dias. Isso porque as notificações ocorrem apenas após a conclusão da investigação dos motivos das mortes pelas Secretarias Estaduais e Municipais de Saúde. Assim, do total de novos registros, 270 óbitos ocorreram, de fato, nos últimos três dias e outros 3.742 estão em investigação.

Fontes: Globo Estado de São Paulo / Ministério da Saúde